Geral

Natália Minotto é associada da prática de Mercado de Capitais do Tauil & Chequer Advogados no escritório de São Paulo. Assessora empresas, acionistas, instituições financeiras e investidores institucionais em uma ampla variedade de transações de financiamento e transações corporativas, com ênfase em ofertas públicas de valores mobiliários.

Natália também assessora companhias abertas em questões regulatórias envolvendo o mercado financeiro sob a jurisdição da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, do Conselho Monetário Nacional – CMN e do Banco Central do Brasil – BACEN, bem como de entidades autoreguladoras como a Brasil, Bolsa, Balcão – B3 e a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais – ANBIMA, além de assessorá-las no registro e listagem (ou migração de segmento especial) na CVM e na B3, respectivamente, para abertura de capital e cumprimento de obrigações regulatórias periódicas.

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Francês

Experiência

  • Assessorou a Locaweb Serviços de Internet S.A e determinados acionistas vendedores no âmbito da oferta pública de distribuição primária e secundária (follow-on) de suas ações, com esforços restritos, nos termos da Instrução CVM 476, e esforços de colocação no exterior (Rule 144A/Reg S), no valor de R$2,7 bilhões.
  • Assessorou o Itaú BBA, Morgan Stanley, Goldman Sachs e Safra, na qualidade de coordenadores, no âmbito da oferta pública inicial de distribuição primária de ações ordinárias de emissão da PetroRecôncavo S.A. e esforços de colocação no exterior (Rule 144A/Reg S), no montante de R$1 bilhão.Assesorou o Credit Suisse, BTG Pactual e XP Investimentos, como coordenadores, no âmbito da oferta pública inicial de ações de emissão da Orizon Valorização de Resíduos S.A. e esforços de colocação no exterior (Rule 144A/RegS), no valor de R$487 milhões.
  • Assessorou o BTG Pactual, o Credit Suisse, o UBS BB e o Itaú BBA, na qualidade de coordenadores, no âmbito da oferta pública (follow-on) com esforços restritos de distribuição primária de ações ordinárias de emissão da Sinqia S.A., nos termos da Instrução CVM 476 e com esforços de colocação no exterior (Rule 144-A/Reg S), no montante de R$400 milhões.
  • Assessorou o Goldman Sachs, Morgan Stanley, Bradesco BBI, Itaú BBA, UBS BB e XP, na qualidade de coordenadores, no âmbito da oferta pública inicial de distribuição primária de ações ordinárias de emissão da Zenvia Inc., na Nasdaq, no montante de U$150 milhões.
  • Assessorou o Banco BTG Pactual S.A. no âmbito de oferta pública de Units de sua emissão no Brasil e com esforços de colocação no exterior (Rule 144A/RegS), no valor de R$2,2 bilhões.
  • Assessorou o Bradesco BBI, o BTG Pactual e o Itaú BBA no âmbito da oferta pública de ações (follow-on) da DIMED S.A. Distribuidora de Medicamentos (Farmácias Panvel) e esforços de colocação no exterior (Rule 144A/RegS), no valor de R$480 milhões.
  • Assessorou a Gerdau S.A. no âmbito da oferta, no exterior, de recompra à vista de determinados títulos de dívida em circulação no mercado internacional, no valor máximo de US$300 milhões.
  • Assessorou os Joint Lead Managers na emissão de Senior Notes pelo Banco BTG Pactual (por meio de sua filial nas Ilhas Cayman), no âmbito do Global Medium Term Notes Programme, no montante global nominal de US$500 milhões à taxa fixa de 2,750% ao ano, com data de vencimento em 11 de janeiro de 2026.
  • Assessorou o BTG Pactual, o Bradesco BBI, o Itaú BBA, o Morgan Stanley e o Santander, na qualidade de coordenadores, no âmbito da oferta pública, com esforços restritos, de distribuição primária de Units do Banco BTG Pactual S.A. e com esforços de colocação no exterior (Rule 144-A/Reg S), no montante de R$2,57 bilhões.
  • Assessorou o BTG Pactual, o Bradesco BBI, o Itaú BBA, o Santander e o UBS BB, na qualidade de coordenadores, no âmbito da oferta pública, com esforços restritos, de distribuição primária de Units do Banco BTG Pactual S.A. e com esforços de colocação no exterior (Rule 144-A/Reg S), no montante de R$2,98 bilhões.
  • Assessorou os Joint Lead Managers na emissão de Senior Notes, pelo Banco BTG Pactual (por meio de sua filial nas Ilhas Cayman), no âmbito do Global Medium Term Notes Programme com o propósito de realizar financiamento ou refinanciamento de green projects e/ou projetos sociais elegíveis, de acordo com o seu Green, Social and Sustainable Financing Framework. A emissão das Notas foi no montante global nominal de US$250 milhões à taxa fixa de 4,500% ao ano, com vencimento em 2025. As Notas serão listadas no Official List da Luxembourg Stock Exchange.

Formação Acadêmica

Universidade de São Paulo (USP), Bacharel em Direito

Inscrições

Ordem

  • Brasil