No dia 25 de junho de 2021, o Ministério da Economia entregou ao Congresso Nacional a 2ª fase da Reforma Tributária proposta pelo Executivo, com alterações significativas na legislação do Imposto de Renda Pessoa Física ("IRPF"), Imposto de Renda Pessoa Jurídica ("IRPJ") e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido ("CSLL").