Em 30 de junho de 2015 Brasil e Estados Unidos da América assinaram o Acordo Internacional de Previdência Social, o qual foi internalizado na legislação brasileira por meio de Decreto nº 9.422, promulgado em 25 de junho de 2018. Desde 1 de outubro de 2018 o acordo passou a ter vigência, sendo aplicável em todo o território nacional.

Vale lembrar que os Acordos Internacionais de Previdência Social são tratados Internacionais que visam garantir aos segurados e seus dependentes dos países acordantes os direitos de seguridade social. Esses acordos autorizam a contagem do tempo de contribuição dos empregados aos Sistemas de Previdência Social de ambos países para aquisição dos benefícios previdenciários como, por exemplo, aposentadoria por idade, pensão por morte e aposentadoria por invalidez, além de evitar a bitributação em caso de deslocamento temporário.