"Especialista em contencioso com notável histórico."
 Latin Lawyer 250

Geral

Luciana Celidonio é sócia das práticas de Contencioso e Reestruturação de Tauil & Chequer Advogados no escritório de São Paulo. Ela possui mais de 20 anos de experiência lidando com controvérsias complexas (arbitragem e contencioso), envolvendo falência e contencioso bancário, societário e comercial.

Luciana lida regularmente com questões relacionadas ao financiamento de dívidas e aquisição de empresas e ativos depreciados. Ela trabalhou em importantes processos de falência, como os casos envolvendo o Grupo Oi, OAS, Schahin, Libra, Agrenco, Infinity, Arantes, Celpa, LBR, Seara, Heringer, UST - Usina Santa Terezinha, QGE Energy (extrajudicial), Enseada (extrajudicial) representando diferentes partes interessadas (credores, investidores, administradores de títulos e administradores judiciais).

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Experiência

Experiência em falência e contencioso correlato

  • Representação de um investidor interessado na aquisição do Aeroporto de Viracopos em seu processo de recuperação judicial (análise dos aspectos de insolvência do devedor e seus acionistas).
  • Representação de um investidor interessado na aquisição da Rodovias do Tietê em seu processo de recuperação judicial.
  • Representação do Grupo Ferrari, interessado na aquisição de uma usina de açúcar no processo de recuperação judicial da Abengoa Energia.
  • Representação do Grupo Albioma na recuperação judicial da Usina Rio Pardo.
  • Representação de um credor colaborador na recuperação judicial do Grupo UST - Usina Santa Terezinha, incluindo serviços de consultoria relacionados aos riscos de um Financiamento DIP cross-border.
  • Representação de um investidor que adquiriu participação em uma linha de crédito de um dos maiores credores na recuperação judicial da Seara.
  • Representação de uma parte relacionada na recuperação judicial do Grupo Libra.
  • Representação de um dos maiores credores na recuperação extrajudicial da QGE Energia que previu, entre outros, a conversão de dívidas em ações.
  • Representação de um credor relevante na recuperação judicial da Heringer Fertilizantes.
  • Representação de um investidor interessado na aquisição de quatro navios de perfuração no processo de recuperação judicial da Sete Brasil.
  • Representação do Grupo Samsung em diversas recuperações judiciais (Grupo Luli; Grupo Aço-Cearense; Juresa e outros)
  • Representação de um dos maiores credores na recuperação extrajudicial da Enseada.
  • Representação do The Bank of New York Mellon em seu papel como fiduciário de 20 bilhões de emissões de títulos em todos os aspectos da recuperação judicial cross-border da Oi SA (a segunda maior falência da história do Brasil).
  • Representação do Mizuho Bank e cessionários de crédito como o maior credor bancário no processo de falência (recuperação judicial e liquidação) do Grupo Schahin (USD 500 milhões).
  • Representação do HSBC, o maior credor financeiro nacional na recuperação judicial do Grupo OAS.
  • Representação do HSBC USA na recuperação judicial do Grupo OAS. O cliente foi a única instituição financeira que, junto com os detentores de bonds, tinha garantia sobre o ativo mais importante do devedor (participação acionária da Invepar).
  • Representação do Itaú BBA na recuperação judicial do Grupo Tomé.
  • Representação da ExxonMobil na recuperação judicial da OGX/Dommo.
  • Representação de um consórcio formado por quatro bancos (Credit Suisse, Santander, Bradesco e Natixis) e dois fundos de investimento na restruturação de um contrato de pagamento antecipado de exportação e crédito no caso da recuperação judicial do Grupo Arantes.
  • Representação do Portigon AG no procedimento falimentar (recuperação judicial e subsequentemente falência) do Grupo Agrenco.
  • Representação do Banco Banestes na recuperação judicial do Grupo Infinity como credor não sujeito aos efeitos do plano.
  • Representação do The Bank of New York Mellon em seu papel como agente fiduciário em todos os aspectos de diversos processos cross-border de insolvência, como as recuperações judiciais do Grupo Rede Energia, Grupo Arantes, Celpa e outros casos.

Contencioso, recuperação de créditos e outros

  • Representação de uma empresa e seus acionistas/diretores em sete processos movidos pelo acionista minoritário, envolvendo várias questões societárias (ex: anulação das assembleias gerais de; anulação de escritura de doação de ações; produção de prova pericial visando a avaliação das ações da empresa etc.).
  • Representação de uma empresa chinesa em uma ação de execução contra vários fiadores.
  • Representação de uma construtora em arbitragem sob as regras do Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil – Canadá em uma disputa decorrente de um projeto de concepção, construção, gestão, fornecimento de equipamentos e serviço de instalação de Usina Termelétrica.
  • Representação de um administrador de fundo de investimento em quatro ações judiciais envolvendo responsabilidade por suposta negligência relacionada à determinadas operações financeiras.
  • Representação de um consórcio de bancos (Banco do Brasil, Itaú, Unibanco e Bradesco) em várias ações de execução no valor aproximado de USD 100 milhões.
  • Representação do Grupo HSBC em ações judiciais para a recuperação de créditos relativos a financiamentos com taxa prefixada – FINAME (BNDES).
  • Representação de Portigon AG na execução de um Contrato de Pagamento Antecipado de Exportação, no valor aproximado de USD 40 milhões.
  • Representação de uma empresa coreana em quatro ações judiciais envolvendo contratos de distribuição com cláusula compromissória.
  • Representação de uma empresa de monitoramento de veículos em arbitragem sob as regras da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem CIESP/FIESP em uma disputa decorrente de um acordo de Fusão e Aquisição. A disputa envolveu a interpretação de cláusulas de indenização e a responsabilidade por contingências tributárias, trabalhistas e cíveis.
  • Representação de Portigon AG e Banco Mizuho do Brasil S.A. na execução de warrants agropecuários (CDA/WA), no valor aproximado de USD 10 milhões.
  • Representação de Portigon AG e Banco Mizuho do Brasil S.A. em várias ações judiciais propostas por produtores de soja para cancelar cédulas de produto rural (CPR) outorgadas a favor do banco, no valor aproximado de USD 15 milhões.
  • Representação do Banco Mizuho do Brasil S.A. em uma ação de cobrança envolvendo correção monetária decorrente de Planos Econômicos Governamentais, no valor aproximado de USD 100 milhões.
  • Representação do Banco Fenícia em ação rescisória envolvendo a cobrança de correção monetária decorrente de Planos Econômicos Governamentais (nosso escritório foi contratado por um consórcio de bancos interessado em contestar o precedente desfavorável).
  • Representação do HSBC em várias ações civis públicas propostas pelo Ministério Público e outras entidades envolvendo Direito do Consumidor e a legalidade de certas cobranças bancárias e as respectivas normas do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central do Brasil.
  • Representação do HSBC em várias ações judiciais envolvendo serviços financeiros.

Formação Acadêmica

Universidade de São Paulo , Mestrado em Direito Comercial (cursando)

Columbia University, curso promovido pela TMA Brasil sobre US Bankruptcy Law

Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), Curso de Direito Societário – Pós-Graduação

Georgetown University Law Center, LLM, with distinction, Direito Internacional Comercial e Econômico
lista do reitor

Faculdade Autônoma de Direito (FADISP), Direito Processual Civil, Pós-Graduação (tese pendente)

Pontifícia Universidade Católica, Bacharel em Direito

Inscrições

Ordem

  • Brasil

Atividades

  • Membro do Instituto Brasileiro de Estudos de Recuperação de Empresas
  • Membro da TMA Brasil – Comitê de eventos e cursos 
  • Membro da TMA Brasil – Comitê de Mediação
  • Membro da Comissão de Direito Falimentar do IASP - Instituto dos Advogados de São Paulo
  • Reconhecida no Leaders League 2020 na categoria "Recommended" na área de Falência
  • "Luciana Celidonio, que é mais conhecida por sua expertise em insolvência, mas também lida com grandes casos de contencioso cível." Latin Lawyer 250 – 2018, 2019 e 2020
  • Luciana Celidonio é reconhecida na categoria “Next Generation Partner" na prática “Falência and Recuperação". "Luciana Celidonio conta com mais de 18 anos de experiência em casos de contencioso comerciais, corporativos e de falências." – The Legal 500 – 2019
  • Reconhecida no International Financial Law Review (IFLR)’s Americas Awards 2019, Global M&A Network’s 11th Annual Turnaround Atlas Awards e Latin Lawyer’s Deal of the Year Awards pela assessoria no processo de restruturação do Grupo Oi. 
  •  Reconhecida no Leaders League 2019 na categoria "Highly Recommended" na prática de Contencioso.
  • Luciana Celidonio é reconhecida pelo Análise Advocacia 500 2019 na categoria Setor Econômico - Imobiliário.
  • "Luciana Celidonio dedica a maior parte do tempo a disputas bancárias e financeiras". "Luciana Celidonio é uma integrante ativa da equipe." - The Legal 500 - 2018
  • Luciana Celidonio é reconhecida pelo Análise Advocacia 500 2018 na categoria “Hotelaria e Turismo”.
  • Reconhecida no Latin Lawyer’s Deal of the Year Awards 2017 por assessorar o Grupo OAS no acordo de reestruturação.
  • "Especialista em contencioso com um histórico notável." The Legal 500 - 2016