"Luciana Celidonio, mais conhecida por sua expertise em insolvência, mas que também lida com grandes casos de contencioso cível."
 Latin Lawyer 250

Geral

Luciana Celidonio é sócia das práticas de Contencioso e Reestruturação de Tauil & Chequer Advogados no escritório de São Paulo. Ela possui mais de 20 anos de experiência lidando com controvérsias complexas (arbitragem e contencioso), envolvendo falência e contencioso bancário, societário e comercial.

Luciana lida regularmente com questões relacionadas ao financiamento de dívidas e aquisição de empresas e ativos depreciados. Ela trabalhou em importantes processos de falência, como os casos envolvendo o Grupo Oi, OAS, Schahin, Libra, Agrenco, Infinity, Arantes, Celpa, LBR, Seara, Heringer, UST - Usina Santa Terezinha, QGE Energy (extrajudicial), Enseada (extrajudicial) representando diferentes partes interessadas (credores, investidores, administradores de títulos e administradores judiciais).

Idiomas

  • Português
  • Inglês

Experiência

Experiência em falência e contencioso correlato

  • Representação de um investidor interessado na aquisição do Aeroporto de Viracopos em seu processo de recuperação judicial (análise dos aspectos de insolvência do devedor e seus acionistas).
  • Representação de um investidor interessado na aquisição da Rodovias do Tietê em seu processo de recuperação judicial.
  • Representação do Grupo Ferrari, interessado na aquisição de uma usina de açúcar no processo de recuperação judicial da Abengoa Energia.
  • Representação do Grupo Albioma na recuperação judicial da Usina Rio Pardo.
  • Representação de um credor colaborador na recuperação judicial do Grupo UST - Usina Santa Terezinha, incluindo serviços de consultoria relacionados aos riscos de um Financiamento DIP cross-border.
  • Representação de um investidor que adquiriu participação em uma linha de crédito de um dos maiores credores na recuperação judicial da Seara.
  • Representação de uma parte relacionada na recuperação judicial do Grupo Libra.
  • Representação de um dos maiores credores na recuperação extrajudicial da QGE Energia que previu, entre outros, a conversão de dívidas em ações.
  • Representação de um credor relevante na recuperação judicial da Heringer Fertilizantes.
  • Representação de um investidor interessado na aquisição de quatro navios de perfuração no processo de recuperação judicial da Sete Brasil.
  • Representação do Grupo Samsung em diversas recuperações judiciais (Grupo Luli; Grupo Aço-Cearense; Juresa e outros)
  • Representação de um dos maiores credores na recuperação extrajudicial da Enseada.
  • Representação do The Bank of New York Mellon em seu papel como fiduciário de 20 bilhões de emissões de títulos em todos os aspectos da recuperação judicial cross-border da Oi SA (a segunda maior falência da história do Brasil).
  • Representação do Mizuho Bank e cessionários de crédito como o maior credor bancário no processo de falência (recuperação judicial e liquidação) do Grupo Schahin (USD 500 milhões).
  • Representação do HSBC, o maior credor financeiro nacional na recuperação judicial do Grupo OAS.
  • Representação do HSBC USA na recuperação judicial do Grupo OAS. O cliente foi a única instituição financeira que, junto com os detentores de bonds, tinha garantia sobre o ativo mais importante do devedor (participação acionária da Invepar).
  • Representação do Itaú BBA na recuperação judicial do Grupo Tomé.
  • Representação da ExxonMobil na recuperação judicial da OGX/Dommo.
  • Representação de um consórcio formado por quatro bancos (Credit Suisse, Santander, Bradesco e Natixis) e dois fundos de investimento na restruturação de um contrato de pagamento antecipado de exportação e crédito no caso da recuperação judicial do Grupo Arantes.
  • Representação do Portigon AG no procedimento falimentar (recuperação judicial e subsequentemente falência) do Grupo Agrenco.
  • Representação do Banco Banestes na recuperação judicial do Grupo Infinity como credor não sujeito aos efeitos do plano.
  • Representação do The Bank of New York Mellon em seu papel como agente fiduciário em todos os aspectos de diversos processos cross-border de insolvência, como as recuperações judiciais do Grupo Rede Energia, Grupo Arantes, Celpa e outros casos.

Contencioso, recuperação de créditos e outros

  • Representação de uma empresa e seus acionistas/diretores em sete processos movidos pelo acionista minoritário, envolvendo várias questões societárias (ex: anulação das assembleias gerais de; anulação de escritura de doação de ações; produção de prova pericial visando a avaliação das ações da empresa etc.).
  • Representação de uma empresa chinesa em uma ação de execução contra vários fiadores.
  • Representação de uma construtora em arbitragem sob as regras do Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil – Canadá em uma disputa decorrente de um projeto de concepção, construção, gestão, fornecimento de equipamentos e serviço de instalação de Usina Termelétrica.
  • Representação de um administrador de fundo de investimento em quatro ações judiciais envolvendo responsabilidade por suposta negligência relacionada à determinadas operações financeiras.
  • Representação de um consórcio de bancos (Banco do Brasil, Itaú, Unibanco e Bradesco) em várias ações de execução no valor aproximado de USD 100 milhões.
  • Representação do Grupo HSBC em ações judiciais para a recuperação de créditos relativos a financiamentos com taxa prefixada – FINAME (BNDES).
  • Representação de Portigon AG na execução de um Contrato de Pagamento Antecipado de Exportação, no valor aproximado de USD 40 milhões.
  • Representação de uma empresa coreana em quatro ações judiciais envolvendo contratos de distribuição com cláusula compromissória.
  • Representação de uma empresa de monitoramento de veículos em arbitragem sob as regras da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem CIESP/FIESP em uma disputa decorrente de um acordo de Fusão e Aquisição. A disputa envolveu a interpretação de cláusulas de indenização e a responsabilidade por contingências tributárias, trabalhistas e cíveis.
  • Representação de Portigon AG e Banco Mizuho do Brasil S.A. na execução de warrants agropecuários (CDA/WA), no valor aproximado de USD 10 milhões.
  • Representação de Portigon AG e Banco Mizuho do Brasil S.A. em várias ações judiciais propostas por produtores de soja para cancelar cédulas de produto rural (CPR) outorgadas a favor do banco, no valor aproximado de USD 15 milhões.
  • Representação do Banco Mizuho do Brasil S.A. em uma ação de cobrança envolvendo correção monetária decorrente de Planos Econômicos Governamentais, no valor aproximado de USD 100 milhões.
  • Representação do Banco Fenícia em ação rescisória envolvendo a cobrança de correção monetária decorrente de Planos Econômicos Governamentais (nosso escritório foi contratado por um consórcio de bancos interessado em contestar o precedente desfavorável).
  • Representação do HSBC em várias ações civis públicas propostas pelo Ministério Público e outras entidades envolvendo Direito do Consumidor e a legalidade de certas cobranças bancárias e as respectivas normas do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central do Brasil.
  • Representação do HSBC em várias ações judiciais envolvendo serviços financeiros.

Formação Acadêmica

Universidade de São Paulo, Mestrado em Direito Comercial (cursando)

Columbia University, curso promovido pela TMA Brasil sobre US Bankruptcy Law

Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), Curso de Direito Societário – Pós-Graduação

Georgetown University Law Center, LLM, with distinction, Direito Internacional Comercial e Econômico, (distinção acadêmica e lista do reitor)

Faculdade Autônoma de Direito (FADISP), Direito Processual Civil, Pós-Graduação (tese pendente)

Pontifícia Universidade Católica, Bacharel em Direito

Inscrições

Ordem

  • Brasil

Atividades

  • Membro da Comissão de Direito Bancário da OAB SP
  • Membro da TMA Brasil – Comitê de eventos e cursos
  • Membro da TMA Brasil – Comitê de Mediação
  • Membro da Comissão de Direito Falimentar do IASP - Instituto dos Advogados de São Paulo
  • Membro do Instituto Brasileiro de Estudos de Recuperação de Empresas - IRB
  • Membro do International Insolvency Institute III
  • Reconhecida na categoria  "Next Generation Partner" na área de falência e reestruturação. The Legal 500 - 2021
  • Reconhecida no Leaders League 2021 as “Highly Recommended" na área de Falência
  • Reconhecida pelo Análise Advocacia 500 2020 em três diferentes categorias: Performance Tier 1  em "Serviços Especializados", Arbitragem e Representação em São Paulo
  • Reconhecida no Leaders League 2020  na categoria “Highly Recommended” na área de Contencioso Cível e Comercial
  • Reconhecida no Leaders League 2020 na categoria "Recommended" na área de Falência
  • "Luciana Celidonio, que é mais conhecida por sua expertise em insolvência, mas também lida com grandes casos de contencioso cível." Latin Lawyer 250 – 2018, 2019 e 2020
  • Luciana Celidonio é reconhecida na categoria “Next Generation Partner" na prática “Falência and Recuperação". "Luciana Celidonio conta com mais de 18 anos de experiência em casos de contencioso comerciais, corporativos e de falências." – The Legal 500 – 2019
  • Reconhecida no International Financial Law Review (IFLR)’s Americas Awards 2019, Global M&A Network’s 11th Annual Turnaround Atlas Awards e Latin Lawyer’s Deal of the Year Awards pela assessoria no processo de restruturação do Grupo Oi. 
  •  Reconhecida no Leaders League 2019 na categoria "Highly Recommended" na prática de Contencioso.
  • Luciana Celidonio é reconhecida pelo Análise Advocacia 500 2019 na categoria Setor Econômico - Imobiliário.
  • "Luciana Celidonio dedica a maior parte do tempo a disputas bancárias e financeiras". "Luciana Celidonio é uma integrante ativa da equipe." - The Legal 500 - 2018
  • Luciana Celidonio é reconhecida pelo Análise Advocacia 500 2018 na categoria “Hotelaria e Turismo”.
  • Reconhecida no Latin Lawyer’s Deal of the Year Awards 2017 por assessorar o Grupo OAS no acordo de reestruturação.
  • "Especialista em contencioso com um histórico notável." The Legal 500 - 2016